Redes Sociais

NÃO SE DESFAÇA DE SEUS LIVROS

Hoje tive um surto de procurar respostas, de localizar pessoas e ideias. Não as encontrei na estante vazia. Tive um remorso imenso de ter me desfeito de tantos livros num súbito rompante de “praticar o desapego”…

Não cometa esta bobagem. Não deixe que nenhum modismo ou pessoa te influencie. Resista. Não se desfaça de tantas histórias que nem são suas, são de outros mais sábios, que as emprestam para criar sua memória, sua emoção. Resista, porque em muitas horas você sentira falta delas. Ficará tolhida de recorrer a um conselho, sentirá saudades de velhos amigos, perderá um repertório que você se apoderou e se desfez, sem nenhuma lógica.

Pura insensatez. Não cai nessa tentação. Guarde seus livros ao alcance de um porre, de uma  de insônia, de um papo mais profundo. Volte a eles sempre que desejar, e tenha certeza que eles estarão por ali, ao alcance de suas mãos, no máximo ao alcance de poucos degraus de um escada.

Terei, em breve, que repôr alguns desses livros. Farei aos poucos, quando a saudades bater forte. Realmente não foi uma boa ideia.

 

Não existem comentários publicados ainda.

Deixe um comentário




*